07/02/2018

Coren-PE defende Enfermeiros que prestam plantões extras nos hospitais públicos do Estado

Foi deliberado que o pagamento dos plantões extras serão regularizados até o dia 09/02

E o Coren-PE não para. Ainda na última segunda-feira (05/02), o Coren-PE, através dos conselheiros Dra. Valdeísa Morais e Iraquitan Santos, esteve presente em protesto realizado em caminhada do Hospital da Restauração em direção ao Palácio do Campo das Princesas, em defesa dos Enfermeiros e demais profissionais de saúde que prestam plantões extras nos hospitais públicos do Estado. Na ocasião, estiveram presentes entidades representativas da Enfermagem como o Fórum Pernambucano em Defesa da Enfermagem, além dos profissionais de Enfermagem e Radiologia.

No dia 08 de janeiro foi realizada uma mesa de negociação e um documento foi criado com o calendário dos pagamentos em atraso. Porém, o prazo acabou no dia 02 de fevereiro, sem a realização dos pagamentos por parte da Secretaria Estadual de Saúde.

“Enquanto Conselho de Enfermagem, estamos aqui em defesa dos direitos dos profissionais de Enfermagem, e consideramos inadmissível o descaso da SES com esses profissionais. Não vamos parar até que esta situação seja resolvida”, pontuou a conselheira Dra. Valdeísa Morais.

Após a mobilização, o Coren-PE representado pela conselheira Dra. Valdeísa Morais junto ao FOPEDenf e outras lideranças, foram recebidos pelas representantes da secretaria de saúde, Cristina Mota e Ricarda Samara, o secretário executivo da casa Civil, Marcelo Canuto, e pelo representante da secretaria de Administração.

Sendo assim, foi deliberado que o pagamento dos plantões extras serão regularizados até o dia 09/02 para todos os profissionais de saúde do Estado. E, uma nova reunião será realizada entre a Comissão e a SES, no dia 20/02, para a definição da data base dos pagamentos no ano de 2018.


Fonte: Ascom Coren-PE