07/02/2018

Coren-PE marca presença em audiência pública com o Ministério Público

A audiência teve o intuito de discutir acerca da insuficiência de políticas públicas destinadas ao segmento LGBT

Na tarde desta terça-feira (06/02), a conselheira Valdeísa Morais esteve representando o Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco (Coren-PE), em audiência pública promovida pelo Ministério Público de Pernambuco. A audiência teve o intuito de discutir acerca da insuficiência de políticas públicas destinadas ao segmento LGBT (ou LGBTTT) – que é a sigla de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros, e consistem em diferentes tipos de orientações sexuais.

O Coren-PE reforça o seu compromisso de promover a igualdade social e o reconhecimento da identidade de gênero, diminuindo a discriminação e a intolerância contra a comunidade LGBT, com ações como a garantia da retirada da carteira profissional de enfermagem com nome social. Val Souza, que esteve presente na audiência, por exemplo, foi o primeiro profissional de Enfermagem do Estado a receber e utilizar a Carteira Profissional com o nome social, conforme prevê a Resolução do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) nº 0537/2017.


Fonte: Ascom Coren-PE