09/01/2018

Coren-PE participa de reunião na SES para discutir regularização de plantões extras

Os profissionais de enfermagem estão sem receber desde setembro de 2017

O Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco (Coren-PE), representado pela conselheira Dra. Valdeisa Morais participou, na manhã desta segunda-feira (8), de uma reunião com representantes do Governo do Estado de Pernambuco, na Secretaria de Estadual de Saúde (SES). Na ocasião foi discutida a regularização do pagamento dos plantões extras dos profissionais que atuam nas unidades hospitalares do Estado. Também estiveram presentes representantes do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Pernambuco (SEEPE) e do Fórum Pernambucano em Defesa da Enfermagem (FOPEDenf).

Além do problema da falta de pagamentos dos plantões extras, que não acontecem desde setembro de 2017, a pauta da reunião também contou com reivindicações quanto ao incremento nos valores dos plantões extras para técnicos e enfermeiros, convocação de profissionais do cadastro de reserva do concurso de 2014 e o piso salarial da categoria.

De acordo com a conselheira do Coren-PE, Dra. Valdeisa Morais, a preocupação do Conselho vai além das condições financeiras dos profissionais que sem pagamento não tem tranquilidade para irem ao trabalho. “A nossa preocupação também é com a sociedade que precisa de uma assistência de qualidade e com segurança, por isso o Coren-PE solicita ao Governo do Estado que mantenha seus compromissos para que não seja necessária uma intervenção mais efetiva”, disse.

A reunião desta segunda-feira (8) foi resultado de ações contra a falta de pagamento dos plantões extras, que estão acontecendo desde a semana passada. A mobilização teve início na quarta-feira (3) com uma reunião entre o Coren-PE, SEEPE e FOPEDenf para discutir a regularização do pagamento dos plantões extras nas unidades hospitalares do Estado,  a realização do ato em frente ao Hospital da Restauração com profissionais de enfermagem lotados no HR e de outras unidades de saúde na quinta-feira (4) e a assembleia na frente da SES na sexta-feira (5).

RESPOSTA DO GOVERNO – Em resposta, o Governo informou que o pagamento dos meses em atraso será regularizado até o final de fevereiro e que os trabalhadores receberão o mês de setembro (para aqueles que ainda não haviam recebido na semana passada) até o próximo dia 12 (sexta-feira) e que até o final da última semana fiscal de janeiro (dia 02 de fevereiro) realizará o pagamento do mês de outubro.

Ficou acordado que a partir de fevereiro a data base para pagamento dos plantões extras (dia 28 de cada mês) será respeitada. Em relação ao reajuste do valor dos plantões, o Governo discutirá essa possibilidade a partir do mês de março. Será enviada aos hospitais uma recomendação da SES no sentido de não haver quaisquer represálias em relação aos profissionais que participarem dos atos reivindicatórios de sua categoria e será agendada uma reunião com o SEEPE ainda este mês para tratar da pauta de reivindicações dos enfermeiros vinculados à SES.

 


Fonte: Ascom Coren-PE