30/11/2017

Coren-PE participou de audiência pública pelas 30h em Tuparetama

O evento foi realizado pela Câmara de Vereadores do Município

Na noite desta quarta-feira (29), o Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco (Coren-PE), representado pela coordenadora da fiscalização, Dra. Fernanda Cerqueira, participou de uma Audiência Pública em Tuparetama. O evento, realizado pela Câmara de Vereadores do Município, teve como objetivo sensibilizar o poder legislativo para a criação de uma lei que reduza a carga horária para os profissionais de Enfermagem para 30 horas semanais.

A audiência foi presidida pelo presidente da Câmara, o vereador Danilo Augusto Oliveira Pereira Nunes, que abriu a sessão falando sobre a exaustão causada aos profissionais de Enfermagem pela extensa carga horária de trabalho.

A representante do Coren-PE, Dra. Fernanda Cerqueira ressaltou que o Conselho apoia a causa em prol do bem estar físico e mental dos profissionais, zelando pela boa assistência prestada à população, uma vez que sua atividade fim é a fiscalização do exercício profissional com objetivo de preservar os profissionais e a sociedade.    “A redução da carga horária seria uma forma de zelar pela saúde e integridade do profissional, fazendo com que diminua a probabilidade de erros acusados pelo desgaste físico e emocional dos profissionais”, explicou.

Em sua explanação, Dra. Fernanda ainda citou o Projeto de Lei 2295/2000 que está em tramitação na Câmara dos Deputados, em Brasília, reforçando que é uma luta incansável de todos os órgãos que representam a Enfermagem brasileira e explicou que “Independe da aprovação do PL, alguns municípios pernambucanos já regulamentaram as 30 horas da Enfermagem, e alguns já realizaram concurso com a carga horaria reduzida”, finalizou.

Após as devidas argumentações feitas pelo Coren-PE e pelo presidente da câmara, os vereadores se mostraram sensíveis e pediram a palavra apoiando a causa, entre eles, a vereadora Vanda Lúcia Cavalcante Silvestre, primeira secretária da Câmara, que é auxiliar de Enfermagem. O procurador geral do município esteve presente representando o prefeito, Domingos Sávio da Costa Torres, e disse que a Prefeitura irá analisar as condições financeiras do município para avaliar possibilidade de haver a redução da carga horária.


Fonte: Ascom Coren-PE